Pensar Enlouquece. Pense Nisto.



".

Ao contrário do que reza a lenda, não foi Charles de Gaulle quem afirmou que o Brasil não é um país sério. Concordo, porém, com a frase. E a complemento: ainda bem!

UPDATE: Mr. Zé Eduardo Camargo deixou o seguinte comentário: "(...) um recado pra quem quer comprar o livro: ele só está sendo vendido em bancas de jornal de SP e Rio. E já está difícil de achar (na revistaria da Fnac acabou). O jeito é comprar no site (
www.brasildasplacas.com.br). Quem tiver fotos de placas engraçadas pode mandar que a gente põe no ar! Abs!".

Escrito por Inagaki às 13h22
[ ] [ envie esta mensagem ]



Já protagonizei várias coisas na vida, desde arroubos amorosos em público (com direito a uma bronca do segurança do MASP) até pagações inolvidáveis em mico. Por exemplo: na época em que cursava o primário no singelo Colégio Raio de Sol, participei de uma "coreografia" ao som da Arca de Noé de Toquinho e Vinícius de Moraes, fantasiado de... abelhinha. Ah, o passado.

Contudo, estrelar uma animação pra mim é novidade. Melhor ainda: uma animação produzida pela Matusca's Pictures! Cumpadi Matusalém Matusca (que também criou o botão bacana localizado no frame esquerdo deste blog), movido por uma inexplicável escasquetação de que o japa aqui estaria assediando as interessantíssimas freqüentadoras de seu cafofo virtual, criou um gif animado de expressionante verossimilhança: como é que o cara sabia que eu luto kung-fu exatamente como na animação abaixo? Só mesmo os iniciados nos mistérios das magias egípcias para saber dessas coisas...

Cumpadi Matusca, só um comentário acerca de sua ótima animação: ao contrário do que sua verve passional lhe diz, o japa aqui está sossegado e bem comportado, visse? Minha namorada, assim como a sua Matusalinda, não vai gostar nem um pouco dessas histórias. :)


P.S.: Por Tutatis, esse Blogger Brasil anda mais instável que bêbado na corda bamba.

Escrito por Inagaki às 01h35
[ ] [ envie esta mensagem ]



O site da BBC realizou recentemente uma enquete para eleger o Maior Americano de Todos os Tempos. Dez personalidades foram pré-selecionadas para a votação dos internautas: Abraham Lincoln, Martin Luther King, Thomas Jefferson, George Washington, Bob Dylan, Bill Clinton (?), Franklin D. Roosevelt, Mr. T (ator notabilizado pelo seriado Esquadrão Classe A e pela sua participação em filmes como Rocky III e eventos de luta livre), Benjamin Franklin e... Homer Simpson. Em quem os internautas do mundo inteiro votariam? Sim, é bóbvio que você acertou.

Apesar da mesma pose abilolada, não confunda as bolas: este NÃO é Bush Júnior.Personagem criado pelo cartunista Matt Groening, Homer Jay Simpson já havia recebido alguns prêmios, como uma medalha de honra ao mérito por "transformar o que poderia ter sido uma nova Chernobyl em uma outra Three Mile Island", além da escolha como Carregador de Lixo Tóxico da Planta Nuclear de Springfield do mês de outubro de 1990. Treze anos depois, o patriarca dos Simpsons recebe nova laureação ao ser eleito o Maior Americano de Todos os Tempos com fulminantes 47,17% dos votos, bem acima das porcentagens do ex-presidente Abraham Lincoln (9,67%) e do ativista civil Martin Luther King (8,54%). Sobre os resultados, há uma citação de Homer que encaixa-se como uma luva: "Todo mundo pode inventar estatísticas para provar qualquer coisa. Cerca de 14% das pessoas sabem disso".

E se fosse aqui, quem seriam os dez indicados para Maior Brasileiro de Todos os Tempos? Apenas por mera especulação (listas são sempre injustas, incompletas e passageiras), cravo aqui a minha seleção pessoal, sem qualquer ordem de preferência: Machado de Assis, Herbert de Souza (o Betinho), Antônio Carlos Jobim, Carlos Chagas, Alberto Santos Dumont, João Cabral de Melo Neto, Irineu Evangelista de Souza (o Barão de Mauá), João Guimarães Rosa, Mário Schenberg e dom Paulo Evaristo Arns. Diga lá: qual seria o seu Top 10?

Escrito por Inagaki às 11h46
[ ] [ envie esta mensagem ]



Imperdível

Ana e Otto, protagonistas de Os Amantes do Círculo Polar, obra-prima do cinepoeta das sincronicidades.

São Paulo é uma máquina de fazer malucos em série. Cidade cinzenta, estressante, caótica. Imaginem, pois, o drama nestes dias de greve de metrô. No entanto, morar nesta metrópole suja possui as suas compensações. Só os paulistanos terão o privilégio, por exemplo, de desfrutar da mostra "O Cinema de Julio Medem", que está sendo exibida no Centro Cultural São Paulo, ao lado do Metrô Vergueiro. Cada filme de Julio Medem é como um intrincado quebra-cabeças, no qual uma imagem exibida na sua seqüência inicial se correlaciona com outra exibida meia hora depois. A tessitura complexa de seus roteiros poderia gerar filmes cerebrais, frios como um fósforo molhado. E, no entanto, tal qual o escritor argentino Julio Cortázar, Medem é um exímio arquiteto de situações e personagens que emanam poesia e paixão. Vide Os Amantes do Círculo Polar (1998), a história de uma utopia amorosa. Poucas vezes o cinema narrou uma história de amor tão bela e tão dolorida quanto a de Ana e Otto.

Paulistanos, justifiquem o martírio de morar em Sampa City prestigiando esta mostra, complementada ainda pela exibição de vários curtas-metragens de novos diretores espanhóis. E se o problema for falta de grana, desencanai-vos: todas as sessões são gratuitas. A mostra vai até domingo, dia 22 (vejam a programação completa aqui). Se for possível, vale a pena dar uma passada no Centro Cultural amanhã, dia 19, quando serão exibidos dois filmes perfeitos para uma introdução ao universo de Medem: Lúcia e o Sexo (2002), às 16:30, e Os Amantes do Círculo Polar, às 20:45. Mas atenção: procurem chegar com uma hora de antecedência antes de cada sessão, a fim de retirar os ingressos na bilheteria.

Escrito por Inagaki às 20h32
[ ] [ envie esta mensagem ]



Meninos Eu Vi

Lázaro Ramos e Leandra Leal, protagonistas do segundo longa-metragem de Jorge Furtado.
O Homem Que Copiava (Teatro Arthur Rubinstein - 09/06/2003)

Quando recebi o convite para a pré-estréia de O Homem Que Copiava, já imaginava que viria coisa boa por aí. O cineasta gaúcho Jorge Furtado dirigiu e roteirizou alguns dos melhores curtas-metragens brasileiros de todos os tempos, como Barbosa, Ilha das Flores e Esta Não é a Sua Vida. Depois, ao ser cooptado pela Rede Globo, não perdeu a mão, participando de algumas das melhores produções televisivas dos últimos tempos, como as minisséries Agosto, Memorial de Maria Moura e Luna Caliente, e os seriados Comédias da Vida Privada, Os Normais e Cidade dos Homens.

Não admira, pois, que a minha expectativa fosse das mais altas, ainda mais tendo em vista que a estréia em longa-metragem de Jorge Furtado, a comédia Houve Uma Vez Dois Verões, é um daqueles típicos filmes que entram de cartaz sem grande alarde, mas que acabam causando furor ao serem descobertos pelo grande público, e acabam estourando nas bilheterias na base do boca-a-boca. Pena que foi pessimamente lançado em São Paulo, e pouca gente teve a oportunidade de assisti-lo. Lembro que assisti a Houve Uma Vez Dois Verões em uma promoção da rede Cinemark, na qual filmes brasileiros eram exibidos a R$ 1,00 o ingresso. A sala lotou, e a vasta maioria dos espectadores era formada por estudantes. Quando a sessão terminou, tive a oportunidade de ouvir adolescentes elogiando o filme. Um deles chegou a repetir a frase-clichê: "nem parece que é cinema nacional".

Sinceramente espero que aquele garoto assista a O Homem Que Copiava, porque terá a chance de conhecer mais um belo trabalho de Jorge Furtado. Quem conhece a filmografia pregressa de Furtado reconhecerá neste longa alguns traços característicos que permeiam toda a sua obra: as maquinações do acaso que combinam e recombinam vidas (vide "Estrada", episódio do longa A Felicidade É...), a presença das ruas e esquinas de Porto Alegre quase como um personagem da história (como no curta Ângelo Anda Sumido), a narração em off que, mais do que descrever situações, amplifica e dá novos sentidos às imagens exibidas (exemplo já clássico: Ilha das Flores) e a mistura de diversas linguagens e gêneros (documentário, animação, policial, comédia romântica).

Em poucas linhas, a história é a seguinte: André (Lázaro Ramos) é um operador de xerox que trabalha em uma papelaria com Marinês (Luana Piovani), atendente gostoooooooosa pela qual Cardoso (Pedro Cardoso) faz de tudo, inclusive parar de fumar. Por sua vez, André é apaixonado por Silvia (Leandra Leal), balconista de uma loja de roupas femininas que mora com um pai escroto. Graças a uma série de encontros e desencontros, André precisará de 38 reais para salvar Silvia de um cotidiano asfixiante. Contará com a ajuda de Marinês, Cardoso, alguns xerox coloridos, >Pitty, aquela versão soteropolitana da Alanis Morrissette que canta que "ninguém merece ser só mais um bonitinho". Verso singelo, mas sou obrigado a concordar com ele. Eu, por exemplo, não quero ser reconhecido apenas pelo meu belo sorriso. :)

Ok, essa foi demais. Eu realmente estou precisando dormir.

Escrito por Inagaki às 04h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

 
Meu perfil





BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Arte e cultura, Cortázar, Carl Barks, Beatles, Hitchcock
ICQ - 16223430



Meu humor



Histórico
25/01/2004 a 31/01/2004
18/01/2004 a 24/01/2004
11/01/2004 a 17/01/2004
04/01/2004 a 10/01/2004
28/12/2003 a 03/01/2004
21/12/2003 a 27/12/2003
14/12/2003 a 20/12/2003
07/12/2003 a 13/12/2003
30/11/2003 a 06/12/2003
23/11/2003 a 29/11/2003
16/11/2003 a 22/11/2003
09/11/2003 a 15/11/2003
02/11/2003 a 08/11/2003
26/10/2003 a 01/11/2003
19/10/2003 a 25/10/2003
12/10/2003 a 18/10/2003
05/10/2003 a 11/10/2003
28/09/2003 a 04/10/2003
21/09/2003 a 27/09/2003
14/09/2003 a 20/09/2003
07/09/2003 a 13/09/2003
31/08/2003 a 06/09/2003
24/08/2003 a 30/08/2003
17/08/2003 a 23/08/2003
10/08/2003 a 16/08/2003
03/08/2003 a 09/08/2003
27/07/2003 a 02/08/2003
20/07/2003 a 26/07/2003
13/07/2003 a 19/07/2003
06/07/2003 a 12/07/2003
29/06/2003 a 05/07/2003
22/06/2003 a 28/06/2003
15/06/2003 a 21/06/2003
08/06/2003 a 14/06/2003
01/06/2003 a 07/06/2003
25/05/2003 a 31/05/2003
18/05/2003 a 24/05/2003
11/05/2003 a 17/05/2003
04/05/2003 a 10/05/2003
27/04/2003 a 03/05/2003
20/04/2003 a 26/04/2003
13/04/2003 a 19/04/2003
06/04/2003 a 12/04/2003
30/03/2003 a 05/04/2003
23/03/2003 a 29/03/2003
16/03/2003 a 22/03/2003
09/03/2003 a 15/03/2003
02/03/2003 a 08/03/2003
23/02/2003 a 01/03/2003
16/02/2003 a 22/02/2003
09/02/2003 a 15/02/2003
02/02/2003 a 08/02/2003
26/01/2003 a 01/02/2003
19/01/2003 a 25/01/2003
12/01/2003 a 18/01/2003
05/01/2003 a 11/01/2003
29/12/2002 a 04/01/2003
22/12/2002 a 28/12/2002
15/12/2002 a 21/12/2002
08/12/2002 a 14/12/2002
01/12/2002 a 07/12/2002
24/11/2002 a 30/11/2002
17/11/2002 a 23/11/2002
10/11/2002 a 16/11/2002
03/11/2002 a 09/11/2002
27/10/2002 a 02/11/2002
20/10/2002 a 26/10/2002
13/10/2002 a 19/10/2002
06/10/2002 a 12/10/2002
29/09/2002 a 05/10/2002
22/09/2002 a 28/09/2002
15/09/2002 a 21/09/2002
08/09/2002 a 14/09/2002
01/09/2002 a 07/09/2002
25/08/2002 a 31/08/2002
18/08/2002 a 24/08/2002




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Pensar Enlouquece, Pense Nisto (versão original com legendas)
 tudo vai ser DiFeReNtE


Vote Pensar Enlouquece no iBest e faça um Inagaki mais feliz!

Pensar Enlouquece é Top 10 do iBest Blog 2004. Para o alto e avante: clique aqui e me ajude a chegar ao Top 3!